quarta-feira, 16 de janeiro de 2019

Coisinhas


2009 / 2019
O São Paulo continua sem título.

O Palmeiras sem mundial e sem Copinha.

Corintiano achando que ganhou mundial de 2000.

São apenas deduções bem humoradas. Se você não tem humor...
*****

Vai começar o “fantástico” campeonato Paulista.

Só para lembrar, não participo de modinhas da internet. Graças a Deus.

E o Santos contratou o “gigante” Soteldo. Um garotinho. É a cara do Ferrugem (aquele da época do Costinha e de “Os Trapalhões”).
#VoltaJoséMayer

domingo, 2 de dezembro de 2018

Durante os Jogos...

Ai ai ai ui ui... O Palmeiras não pode receber o Presidente. Por que não? Nada demais. Cada um recebe em sua casa quem quiser. Só não poderia ir se estivesse preso. 

Resistência? O #Palmeiras foi irresistível.

E o mimimi não quer o Presidente eleito (e palmeirense) no pódio. Nada demais. Não vejo problema algum.

Desde quando é proibido uma autoridade assistir um jogo de futebol?

Jogador perde pênalti e todo mundo ensina como deveria bater. Sem falar das teorias tontas.

São Paulo, Corinthians e Santos... ZZZZzzzzzzzz...

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Humor Sempre


Personagens do Palmeiras encontraram o Papai Noel.

Felipão: Eu não quero pedir nada. Só posso agradecer. Não foi fácil. Olha aqui como estou suado. Mas acho que essa data poderia mudar. Natal é dia 25, cinco mais dois, sete. Não gosto, tchê. E aproveitando, acho que o senhor deveria tirar essa roupa e essa barba. Assim tu pareces um palhaço.

Deyverson surge rolando pela sala.

Dudu: Eu sou um garoto um pouco nervoso, mas este ano obedeci meu pai Felipão sem reclamar. Fiz tudo direitinho. E gostaria de ganhar um presente lá da China. Será que eu mesmo posso ir buscar?

Deyverson continua rolando entre os móveis da casa.

Borja: Eu não quero falar nada não. Prefiro ficar calado.

Tia Leila: Papai Noel? Quem precisa de Papai Noel? Os meus presentes são muito melhores. O senhor já pode até se aposentar.

E Deyverson surge de novo. Agora correndo e pulando por cima do sofá.

Lucas Lima: Este ano fiquei muito no banco. Preciso de um banco mais macio. Pode fazer isso por mim, Papai Noel? Se não vou te zoar na rede social.

Maurício Galiotti: Só gostaria de pedir um pedaço de sua barba. Acho que não vai fazer falta para o senhor. E certeza que vai cair muito bem em minha careca. E odiei que o senhor é um ídolo MUNDIAL. Um velhinho MUNDIALMENTE conhecido. 

E enquanto o Deyverson continua pulando...

Felipe Melo: Para deixar uma coisa bem clara, eu quero um presente. Com responsabilidade, se eu não ganhar vai ter tapa na cara. E não importa que o senhor seja velhinho. Aqui é Pit Bull. Aqui é ousadura. E tudo com responsabilidade, graças a Deus!
_____________________________________________________________________

Este foi apenas um quadro de humor. Espero que você tenha gostado. E se quiser criar um programa de humorístico, adoraria ajudar escrever.

Texto de Humor


Escrevo textos e quadros de humor.
Um colega que faz ótimas imitações é o Tossiro Neto, do GloboEsporte.com . Então escrevi um texto para ele. Um papo do Salsicha com o Muricy Ramalho.

Salsicha: Oi. Você por aqui! Tudo bem Muricy? 

Muricy: Tudo bem o quê meu filho. Não te conheço. 

Salsicha: Eu sou o Salsicha. 

Muricy: É brincadeira. Cada um que me aparece. Se você gosta de salsicha é problema seu, meu filho!

Salsicha: Não. Você não entendeu. Meu nome é salsicha.

Muricy: Xiii... Sua conversinha é muito chata. Você é chato cara.

Salsicha: É que eu perdi meu cachorro. O Scooby-Doo sumiu. 

Muricy: Você está me achando com cara de dono de canil? Sai fora.

Salsicha: Você não viu meu cachorro por aí? 

Muricy: Não vi, não quero ver e tenho raiva de quem viu. Dá um tempo, o Mortadela.

Salsicha: Meu nome é Salsicha. Sal-Si-Cha.

Muricy: Salsicha, mortadela. É tudo igual.

Salsicha: Esse papo está me dando fome. Acho que vou deixar o Scooby-Doo pra lá e vou procurar alguma coisa para comer. 

Muricy: Meu filho, a vida não é assim. Tem que saber "dibrar" a fome. O "dibre" que é importante. 

Salsicha: É que eu não sou bom de bola não. 

Muricy: E você não faz nada da vida, meu filho?

Salsicha: Eu vivo em um furgão com uns amigos. A gente resolve alguns crimes. 

Muricy: Você acha que eu vou cair nesse papinho? To falando de trabalho, meu filho. Aqui é trabalho.

Salsicha: Cruzes! Mas que homem mais bravo.

Muricy: Bravo não meu filho. Eu sou sério. Aqui não tem brincadeirinha não.

Salsicha: Vou nessa. Posso te dar um abraço, Muricy?

Muricy: Sai fora. Cara chato. Que conversinha mais ou menos. A bola pune. (Muricy vai embora reclamando e resmungando)


quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Eu Não Quero


O Palmeiras vai ser campeão brasileiro.

O Felipão tem mérito? Lógico. Agora, o título é somente por causa do treinador? Não. O Roger Machado também fez um bom trabalho. Lógico que os empolgados não vão aceitar essa minha opinião.

O atual Palmeiras é controlado e levado na flauta pelo Felipão. De forma simples. Não é um time com os padrões do Felipão.

Por sinal, é um treinador que eu não gosto e que eu não contrataria para o meu time. E será que em 2019, o time do Felipão (vai ter a cara dele) vai ter o mesmo sucesso? O tempo dirá.
*****

Leio que o Cuca está doente. Uma coisa eu sei, o futebol não tem coração.
*****

São Paulo e Corinthians estão iguais. Classificados de acordo com a capacidade de cada um.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Operando Imagens

Ainda não entenderam que o VAR é feito para lances de exatidão. Interpretação não tem que ter VAR.

E outra, não tem que ter ninguém falando com o árbitro. Ele tem que decidir tudo sozinho. Caso tenha dúvida.

O que adianta tecnologia se os operadores da tecnologia são do tempo das cavernas?

Apesar de que eu acredito sempre no olho humano e menos na imagem da televisão.

 Fiscal da Federação de Futebol (SP) em dia de final... Jesus!

sábado, 14 de julho de 2018

Amor Espacial


O medo que você tem é inexplicável
Não tem motivo para tanto sofrimento
Tanto pavor
Estamos juntos
Você ainda não entendeu?
O tempo passa muito devagar quando estamos separados
Então cole sua mão na minha
Aperte o cinto
Vamos voar, voar, voar...

Chegamos às estrelas
E só agora percebi
Que toda luz vem de você
Aqui vamos morar
Só não avise sua mãe
Acho que ela não vai gostar

Por aqui não tem gravidade
Nada é tão grave
Ao seu lado tudo flutua
Vivemos com alma nua
Nossos corpos são celestes
Marionetes de Deus

Aqui o eu te amo não se propaga
Vai direto ao seu ouvido
Especial
Amor espacial

sexta-feira, 6 de julho de 2018

O Que eu Vi

O que eu escrevi no Twitter...
E logo após a vitória contra o México pintou uma arrogância nojenta. Não por parte dos jogadores, mas sim da torcida. Principalmente redes sociais.
Já escuto que todo mundo agora tinha solução para não perder. Começando o massacre.
Muita gente torce contra também quando vê artista puxando saco do Neymar.
Não vai ter piada com a "Geração Belga"?
Hora de ler aquela galera coerente nas redes sociais.
O que eu já escuto... "Mas fulano nem era tudo isso". HAHAHA O jornalismo bobo e puxa saco também massacra.
Mais um ano que já estão procurando vilões. Mais um ano que ninguém admite que o adversário foi melhor. Depois reclamam quando alguém torce contra.
Vai ter aquelas musiquinhas bobas na Rússia?
E eu ouvi que o Brasil venceria porque a torcida brasileira na Rússia era a mais animada.
Já estou ouvindo gente massacrando o Tite. HAHAHAHAHAHAHAHAHA Futebol acima de tudo é muito engraçado. Tem muito incoerente. Jornalismo baba ovo e puxa saco também massacra.
Foi mais uma Copa que fui frio e calculista. Muito frio e muito calculista. E tive muito orgulho disso. Jamais quero ser um desses que elogia hoje e massacra amanhã. Eu não seria tão ridículo assim.
Feliz que o gol contra não foi do Jesus. Seria massacrado como foi o Barbosa. Deus me ajudou não ser um jornalista como muitos.
Contra o México, o resultado foi bom e o futebol não. Citei isso em um post do @calilcomc e fomos xingados. Que coisa, não!?
Escuto aquelas mesmas bobagens de sempre. E com tom de arrogância que já é habitual. Que lástima.  

quarta-feira, 20 de junho de 2018

Assédio?


Existe brincadeira boba, brincadeira besta, brincadeira sem noção, brincadeira bem idiota. A palavra brincadeira nem sempre quer dizer uma coisa boa. Agora, nem toda brincadeira é assédio.
O sujeito fez algo errado. Bem longe da empresa onde ele trabalha. Você de alguma forma envolve o nome dele com a empresa?
Alguém deixa de usar o serviço de uma empresa por que o funcionário dela cometeu um erro fora do seu local de trabalho? Eu, graças a Deus, não. Nenhum outro funcionário da empresa já errou?
Eu pouco ligo para a empresa que ele trabalha. Vou continuar usando o serviço da empresa com funcionário errando ou não. Será que a empresa investiga cada passo de todos os seus funcionários?
Jogador de futebol costuma fazer muita besteira. Ninguém deixa de torcer pelo clube por causa disso. Em nenhum momento o cidadão citou a empresa que trabalhava. Queria ser um juiz para julgar este processo trabalhista.

domingo, 27 de maio de 2018

Aconteceu

E o Eduardo Baptista xingou políticos e virou herói. Não fez nada diferente do que muitos fazem. Não achei um ato heroico.
****
Você apoia greve de caminhoneiros? Eu não. Gosto do direito de ir e vir. Não conte comigo.
****
Por que o Chaves é tão bom? *Adulto fumando perto das crianças. *Professor cantando mãe do aluno. *Menino mais rico humilhando o mais pobre. *Adulto socando crianças. *Vizinhos se odiando. *Muito bullying.
****
Jogador chorou e agora não pode ser mais criticado. Antigamente, quem chorava apanhava mais.
****
Jogador chorou e o politicamente correto não quer o sujeito seja criticado por sua falha.
****
Jornalista é obrigado dizer que está torcendo por uma seleção?
****
Sou frio e calculista.

domingo, 20 de maio de 2018

Palavras ao Vento


O Carille não falou que a proposta era mentira. Reclamou do exagero da imprensa. Entendi assim. E não achei nada demais.
Jornalista vive se ofendendo.
Imprensa adora achar que é médico e preparador físico. Sem falar que quando pega ódio de alguém...
Diego Aguirre não gosta de ter um time fixo. E ainda não entenderam isso. Jesus!
Torcedores e jornalistas sempre acham que quem está dentro é uma porcaria e o que está fora é melhor.
*****
Esses reis da ética na internet... Não tem moral e muito menos caráter para avaliar alguém. Simples assim.

domingo, 15 de abril de 2018

Santos Sempre Santos

 

106 anos e com corpo de menino (de meninos). O Santos tem esse poder, todo raio cai no mesmo lugar. Apesar de que com o Pelé foi diferente, teve raio, trovão, relâmpago, terremoto, tsunami... Todos os fenômenos da natureza aconteceram juntos. Deus estava com humor no seu nível mais alto.

No mesmo dia que afundou o Titanic, o Santos surgia perto do mar. Lindo, forte, imponente, gigante e "inafundável". 

Sua casa tem "cheiro" de história. Cada canto da Vila Belmiro tem o suor de um jogador que fez do futebol um balé clássico. O Lago dos Peixes.

Quem vive de passado é museu. O Santos vive de passado, vive o presente e vive inventanto o futuro. 

Voltando para aquele homem de Três Corações... 
Pelé fez a camisa do Santos ter um brilho ainda maior. O gigante negro com seu manto branco derrubou adversários e colocou súditos aos seus pés. 

Santos...
Orgulho que todos têm!
 

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Cada Coisa

Agora reclamam que o Presidente do Palmeiras falou Paulistinha. Mas todo mundo chama o Campeonato assim, qual a surpresa?

Palmeirense revoltado igual brasileiro assistindo o Lula discursando?

Agora estão achando errado torcedor ter faixa de campeão antes do jogo. Jesus!

Figueirense campeão catarinense. Denis, ex São Paulo, goleiro do time. Agora escuto que ele é bom. HAHAHAHA. Torcedor precisa se decidir.

O Palmeiras parece que continua errando na contratação de alguns dos seus seguranças.

Interferência externa não pode. Se o quarto árbitro recebeu informação, ele não teria sido mais discreto para falar isso ao árbitro? Você acha que ele faria isso do jeito que fez?

Cheguei aos 40. Obrigado pelos parabéns.
 

quarta-feira, 4 de abril de 2018

Cazuza


Sempre penso em um artista que já morreu e escrevo algo.
Desta vez foi Cazuza...

“Não Serve Para Mim”

Do nada o mundo acordou careta
Com cara de mãe preocupada
Será que todos piraram
Ou estou na década errada?

Virei um prato cheio
Para mentes vazias
Seu discurso não cola
No Carnaval eu sou enredo
Não sou escola
Sigo regras
Mas minha matemática não é exata
Um mais um nem sempre são dois

Passe amanhã
Que eu volto depois
Minha maior certeza são incertezas
Tudo está de cabeça pra baixo
Mas eu gosto assim
Sua maior loucura é ser certinho
Essa vida não serve pra mim