sexta-feira, 11 de março de 2011

Tudo Limpo

Felipão falou, Kleber falou, o Felipão aceitou e a vida continua. O clima no vestiário não será bom, mas eles que se entendam dentro de campo, para o bem do Palmeiras.
*****

Alguém acredita que está tudo bem no Palmeiras?
*****

E só pra lembrar, eu odeio polêmica.
*****

Não gosto quando o árbitro mostra o tanto de acréscimos que vai dar. Gostava de antigamente, ninguém sabia quantos minutos teríamos a mais. Era muito mais emocionante.
*****

No último jogo do Corinthians, uma emissora de televisão colocou um microfone dentro do banco de reservas do técnico Tite. Alguém não aceitou o desrespeito e tirou o objeto. Se fosse eu jogaria no lixo.
*****

Programa de televisão que não gosta de falar de crise... Sei não.
*****

Direito de televisão. Eu só acredito vendo.
*****

Outro dia o Zé Love disse que o Santos não teve crise. Hum, mandaram o técnico embora por prazer.
*****

O São Paulo é líder do Paulistão. Continuo sem me empolgar.

2 comentários:

Cassito disse...

Vejam só a diferença de tratamento da imprensa esportiva do Corinthians para o Palmeiras. Os jogadores do Corinthians desfilaram na Gaviões da Fiel e como são pés-frios e perdedores, já tinham perdido para o Tolima, fizeram a escola de samba deles perder o carnaval. E se não bastasse mais essa frustração da torcida corintiana, ainda perderam a invencibilidade para a Ponte Preta na quarta-feira de cinzas e de quebra a liderança do campeonato paulista para o São Paulo, a imprensa passou batido e nem sequer cogitou crise pelos lados do Parque São Jorge.Com o Palmeiras o tratamento da imprensa foi totalmente inverso,é bem verdade que o Verdão empatou com o Santo André no sábado, com um jogador a mais em campo, mas, sem Valvívia e Kléber que estavam machucados. Naquela mesma noite os dois jogadores do Palmeiras foram fotografados no sambódromo do Anhembi, assistindo os desfiles das escolas de samba, será que isso é algum pecado prá fazer tempestade em copo d'agua? Na reapresentação do time do Palmeiras na segunda-feira eu pude observar pelas imagens das tvs que o Kléber não estava se sentindo confortável com a contusão, a expressão facial e alguma coisa que ele falava para o preparador físico, balançando a cabeça negativamente, dava para perceber que ele não jogaria contra o Noroeste na quarta-feira, mesmo assim o Kléber foi relacionado de forma errônea e depois acabou sendo corrigido. Isso gerou uma onda de boatos que o Felipão estaria contrariado com o Kléber porque ele teria ido no carnaval apesar de estar lesionado.
O Palmeiras não jogou bem contra o Noroeste, mas, o mago Valdívia voltou ao time e decidiu o jogo para o Verdão. Depois do jogo o Felipão disse que realmente não tinha gostado da atitude do Kléber, mas, em nenhum momento ele cogitou em afastar o Gladiador do elenco.
Eu não sei o que aconteceu ontem para o Kléber tomar aquela atitude no twitter, talvez ele tenha sido provocado por algum "amigo" dele da imprensa pra escrever tudo aquilo no twitter, é compreensível. Me desculpe, Torvano, mas, é assim que eu vejo essa situação,espero estar errado em relação aos "amigos" do Kléber.

Leonardo Damin disse...

O clima no Palmeiras dificilmente será bom. Mesmo com Felipão dizendo que está tudo bem, evidentemente não está e não vai voltar a estar.
Também não gosto de polêmica, atrapalha os times, e é lógico que eu gosto de ver jogos em que os times estão bem, para que melhorar o espetaculo.
Eu não acredito que se o arbitro não falasse quantos minutos ia dar de acrescimo, daria certo. Ia se criar muita polemica quanto aos minutos dados, acho melhor do que jeito que está.
Quem fez isso foi cara de pau. Colocar um microfone no banco de reservas?! É complicado.
Essa historia de quem vai transmitir os jogos... vou acabar ouvindo na 105 mesmo.
Sobre essa crise que causou a demissão do Dorival, foi muito bem amenizada na epoca, mas as marcadas ainda são sentidas, visto que o Peixe não encontrou um substituto ainda.
O Paulistão não é base para nenhuma avaliação. Assim como todos os outros estaduais. Por isso não me empolgo com Ronaldinho Gaucho.
Abraço